Estudos, ações e práticas

O Sete Ecos Sistema de Expansão em Tecnologias Ecológicas e Sociais nasceu de um despertar coletivo  para o resgate e reconstrução harmoniosa, orgânica e sustentável de convivência com a natureza, em respeito à vida. Portanto, mais que buscar novas formas de relacionar com o meio ambiente, priorizamos estudar, valorizar, vivenciar e colocar em evidência os saberes e conhecimentos  tradicionais das gerações antecessoras, que em suas trajetórias de vida desenvolveram tecnologias de caráter conservacionista – marcadamente intuitivas – no trato com a terra. Priorizamos a realização de atividades práticas como forma de interação com os sistemas desenvolvidos, compartilhando de tecnologias apropriadas e específicas da permacultura, bioarquitetura e agroecologia para o estabelecimento de um diálogo saudável entre conhecimento tradicional e científico.

Desenvolvemos um trabalho que abrange as mais variadas áreas de atuação em serviços ambientais (agroecológicos). Com o intuito de criar, melhorar, recuperar e implementar sistemas que possam se auto regular, nos baseamos na ética e em princípios de design que possam assegurar sempre a melhor maneira de desenvolver nossos projetos, favorecendo qualidade de vida para os ”lugares”, ambientes e todas as formas de vida que com eles se inter relacionam. 

Ecodesign: Compreende o estudo da paisagem e suas interações multidiciplinares, buscando o equilíbrio e a manutenção permanente dos ecossistemas, é a observação atenta da natureza e a sua transferência para o cotidiano, onde possamos criar ambientes saudáveis, ecologicamente corretos e socialmente funcionais. Baseamo-nos em padrões da natureza, onde a repetição contínua de comportamentos naturais nos dá o subsídio para o estudo, análise e execução de nossos projetos.

Bioconstrução: Construção de ambientes sustentáveis por meio do uso de materiais de baixo impacto ambiental, adequação da arquitetura ao clima local e tratamento de resíduos. O resgate do conhecimento tradicional aliado ao conhecimento de base tecnológica nos dá a oportunidade de integração plena entre as edificações, os lugares e as pessoas, minimizando o uso de recursos não-renováveis, potencializando o uso de recursos naturais renováveis, oferecendo uma maior durabilidade e conforto,  prezando pelo ciclo de vida dos produtos desde a extração, industrialização, transporte, comercialização, consumo/utilização e descarte.


Técnicas que utilizamos: Bambu, bambu a pique, bambucreto, pau a pique, cob, adobe, super/hiper adobe, calfitice, telhado verde, telhado de pet, madeira, ferrocimento, solo cimento, etc…

Captação, tratamento e distribuição de água: Com o intuito de maximizar e melhorar o uso da água, recurso indispensável nos vários setores de produção dentro dos sistemas agroecológicos, promovemos o planejamento e desenvolvimento de sistemas de captação, tratamento e distribuição (irrigação), em que constam: Açudes, tanques, aquicultura e alagados, bombeamento, sistemas de irrigação, filtros biológicos, filtros de carvão ativado, fitorremediação, conservação, recuperação de nascentes e produção de águas.

IMG_0637

Sistemas agroecológicos: Compreende o ambiente e os ecossistemas de produção compostos por vários elementos e suas interações, sendo utilizadas práticas inteligentes que economizam recursos e potencializam o estabelecimento dos agroecossistemas formados, gerando alternativas viáveis baseadas em práticas realizadas há vários anos pelas populações tradicionais aliadas ao conhecimento de base tecnológica, podendo ser aplicados em qualquer sistema e escala de produção, tanto no setor rural como no urbano.

Oferecemos o planejamento e implantação de: Hortas orgânicas e jardins comestíveis (ervas culinárias, aromáticas e plantas medicinais), SAF`s – Sistemas Agroflorestais, compostagem, minhocário, viveiros, roça tradicional, adubação verde, biofertilizantes.

IMG_2353
Criação animal: aves, bovinos, suínos, peixes, abelhas, etc; planejamento e construção de instalações, sistema agrossilvipastoril.

Educação Ambiental: A educação torna-se a ferramenta mais eficaz para uma mudança de comportamento e para o despertar de uma nova consciência. Sensibilizados com a atual situação ”ambiental” e comprometidos com a nossa geração e com as gerações futuras, propomos atividades de forma participativa, o que traz a oportunidade de vivenciar uma relação mais integrada à natureza, impulsionando ativamente a consciência ecológica. Oferecemos a realização de vivências, cursos, oficinas, palestras, estágios, voluntariado e mutirões.

visitação 04OLYMPUS DIGITAL CAMERAvisita técnica1

ECOPEDAGOGIA

Tendo como principal objetivo a difusão de conhecimentos, oferecemos um programa de visitação na área experimental do Sete Ecos, destinado a instituições de ensino e grupo de pessoas interessadas, onde temos a oportunidade de visualizar de perto alguns dos sistemas em desenvolvimento, com o intuito de impactar positivamente o ecossistema local e as pessoas que com ele se inter relacionam.  Buscamos sempre abordar os conhecimentos teóricos através das atividades práticas, promovendo ações integradas e interativas com o meio ambiente (ambiência da paisagem), adotando sempre como ferramenta a percepção ambiental, responsável por nos apercebermos enquanto seres vivos, capazes de transformar o ambiente e/ou ser por ele transformado.  Conheça mais sobre o projeto ”Pedagogia da Terra”

Valorização de tradições ancestraisInúmeras são as referências de práticas e costumes oriundos de populações tradicionais. Desde a linguagem, alimentação, jogos, ferramentas, tecnologias sofisticadas até conhecimentos intrínsecos que permeiam a ética e princípios, diversas são as influências que essas “culturas” exerceram e exercem em nossa sociedade. Além da agricultura ancestral, técnicas construtivas e conservacionistas, conhecimento e uso de plantas, como fonte principal de nossos estudos, valorizamos também as tradições e costumes ritualísticos e cerimoniais. Através de experiências que nos remetem ao modo de vida dessas populações, certificamo-nos da real importância da continuidade dessas práticas. Algumas Cerimônias Ameríndias resistem graças à tradição oral que é transmitida de geração a geração, por meio de “bênçãos” recebidas de lideranças antecessoras. Esses conhecimentos se traduzem em “ritos de passagem” ou “desenhos cerimoniais” que asseguram a sua perpetuação e originalidade.

10492102_10204294689074340_7095456005409491411_nIMG_0252DCIM100GOPRO

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s